29.3.14

Consumado o autoritarismo da Câmara de Piracicaba

A mesa diretora da Câmara de Vereadores de Piracicaba, com seu presidente “vitalício” João Manoel, impôs regras para o povo ao adentrar a casa que é destinada a este mesmo. As regras são no mínimo ridículas, absurdas e preocupantemente autoritárias e de cunho ditatorial. A imagem abaixo resume o festival de besteiras imposto pela Câmara.
Essa atitude tomada pela mesa diretora da câmara é vergonhosa para os piracicabanos, mas também para qualquer pessoa com senso democrático. Tudo isso porque os vereadores, com exceção de apenas um, decidiram por mais um aumento nos seus salários, pois já haviam feito ano passado antes do pleito, onde aumentaram 66% (de R$ 6.568 para R$ 10.900). Agora o salário dos mesmos foi reajustado para R$ 11.492,96, ou seja, uma pechincha. Lógico que não parou por ai, pois como a câmara é quase totalmente controlada e é base de apoio do prefeito, também elevou o salário dos secretários que irão ganhar igual aos vereadores e o prefeito passará a ganhar R$ 16.395,92. 
Os membros do grupo Reaja Piracicaba que estão sempre na câmara acompanhando as sessões protestaram como deveriam e são amparados constitucionalmente por isso. Mas pra quem conhece a câmara e alguns de seus membros sabe como o ambiente por lá é tenso. No espaço reservado ao povo fica alguns cupinchas de vereadores por lá encarando os que se manifestam contrariamente aos edis. Isso sem contar o vereador histriônico que berra no microfone e aponta o dedo para o povo que esta no plenário fazendo ameaças e ilações sobre tanto quem está ali presente quanto pra quem usa o espaço da tribuna para critica-los. A falta de respeito de um vereador como esse pode né? Ou seja, esse mesmo vereador histriônico e fanfarrão poderá gritar, colocar o dedo na cara e manifestar-se sarcasticamente com todos ali, mas o povo não. 
Isso é autoritarismo e como sempre frisei por aqui, a maioria dos membros dessa câmara não são acostumados com a participação popular. Mal acostumaram a passarem despercebidos e acabam impondo medidas truculentas e antidemocráticas como essas. 
Que a população rejeite isso e apoie e vá protestar contra essa mais essa atitude vexatória da Câmara de Piracicaba.

Share/Bookmark

4 comentários:

Csfalcao disse...

Beto, tudo bem?

Também estou ESPANTADO na ditadura que esses vereadores da base do prefeito tem criado. São totalmente destituídos de qualquer apreço pela população, que também tem TOTAL ignorância dos maltrato feitos. Queria um contato seu. Comecei a escrever também no meu blog

http://www.csfalcao.com/decepcao-total-na-votacao-do-orcamento-2015-na-camara-de-piracicaba/

Beto - J.H. Venturini disse...

Oi, Tudo bem sim, apesar dessa coisa ridícula do orçamento. Aliás, a base nunca deixa passar emendas da "oposição" aqui em Piracicaba. Infelizmente temos uma câmara muito retrógrada e extremamente corporativista.

Gostei do seu post ai. Escreva msmo, pois críticas é o q falta faz tempo em Piracicaba.

Contato eu tenho e-mail msmo: jhventurini@yahoo.com.br

abs

Csfalcao disse...

Hoje dia 10 terá uma sessão na câmara sobre tolerância a todas as religiões, dàs 19:00 até 21:00. Eu vou.
Achei muito bom saber aqui do fato de que a mesma câmara expulsou uma pessoa por que ele não ficou em pé ao lerem um texto religioso. As vezes é difícil de acreditar.

Beto - J.H. Venturini disse...

Esse episódio da expulsão do cidadão pq não se levantou durante a leitura da bíblia foi um absurdo total. Ainda mais que o estado é laico e ninguém é obrigado a se levantar nesse caso. Lógicamente que o "presidente da câmara vitalício" que cometeu essa excrescência ao mandar tirar a força o rapaz. Foi vergonhoso esse episódio. Sobre a tolerância a todas religiões é essencial isso, pois aqui já tentaram de certa forma, pois infelizmente tem "vereadores pastores", coibir a prática das de matriz africana. Em geral, é uma câmara retrógrada e autoritária.